Estrutura

Estrutura sólida e em crescimento contínuo contribui para o fortalecimento da luta dos dirigentes sindicais

Ampla sede em Americana e 14 Regionais divididas em pontos estratégicos do Estado de São Paulo. Tudo isso faz a Fesspmesp possuir uma excelente estrutura para atender aos Sindicatos filiados em suas mais variadas necessidades. Investimos em capacitação e também em recursos para os representantes do funcionalismo, o que tem gerado bons frutos e novas parcerias.

REGIONAIS – Para agilizar e ampliar a atuação da Federação, ela foi divida em 14 Regionais, as quais abrigam os Sindicatos próximos. Todas recebem recursos e todo apoio para desenvolverem seus trabalhos de formação, mobilização e assessoria aos associados. São fundamentais para que os trabalhos possam ser administrados de maneira correta e igualitária através de seus coordenadores.

Dezembro 2016 – Coordenadores das 14 Regionais se reúnem na sede da Fesspmesp para planejar 2017

FORTALECIMENTO – Segundo José Flamínio Leme, presidente do Sindicato de Itu e coordenador da Regional Itu da Fesspmesp, essas divisões organizam e participam de perto das mobilizações do setor público. “Temos por objetivo aproximar a Federação dos Sindicatos, discutir as questões regionais, trazer fortalecimento político, financeiro e administrativo. Tudo isso resulta em melhor assistência aos companheiros. Temos por meta, também, multiplicar o número de membros”.

AGILIDADE – Com a criação das 14 Regionais as ações da Federação foram ampliadas em grande escala e, segundo seus integrantes, os projetos têm saído do papel com muito mais agilidade. Paralisações, protestos e negociações também estão sendo beneficiadas, uma vez que o poder público encontra Sindicatos unidos e dispostos a lutar com bravura por melhorias concretas.

Aos poucos, estamos renovando a frota de veículos. Em breve, todas as Regionais terão um Volkswagem Up!

VEÍCULOS – Recentemente, com o intuito de acelerar os trabalhos do setor e ampliar o alcance da base, foram entregues novos veículos, todos zero-quilômetro e com potente equipamento de som, visando atender com qualidade à demanda de uso, conforme a proximidade das cidades. Com isso, devido ao emprego coerente das finanças da instituição, Praia Grande, Cruzeiro e Mauá receberam o primeiro; Bebedouro, Guaíra, Ribeirão Preto e Tanabi, o segundo; Jaú, Taquaritinga, Marília e Martinópolis, o terceiro; e Mogi Guaçu, Itu e Araçatuba, o quarto veículo. Continuamos avançando!

CAMINHÕES – “Hoje, cada Regional possui um veículo e um caminhão de som. Nos últimos anos avançamos bastante. Após muitas negociações conseguimos ampliar nossa frota de veículos, principalmente a de caminhões. Assim, podemos oferecer apoio aos filiados, independente da região. Admito que a nossa meta é ainda maior: pretendemos adquirir mais veículos e disponibilizá-los para os nossos parcerios na luta em defesa do setor público”, explica nosso presidente Aires Ribeiro.

Conseguimos adquirir novos caminhões de som. Sindicatos podem contar com auxílio ágil nas mobilizações