Servidores de Hortolândia decretam em greve por melhores salários

destaque, Sindicatos

Os servidores públicos municipais de Hortolândia deflagraram greve na manhã desta segunda-feira, 30 de julho. A categoria reivindica a reposição da inflação de 7% (IPCA), além de 5% de aumento real, plano odontológico com custo zero e melhoria da cesta básica.

O presidente do Sindicato dos Servidores, Milton Vianna Pinto, explicou que não houve outra alternativa, senão a paralisação dos serviços, já que a administração municipal negou todas as reivindicações dos servidores. A administração ofereceu apenas 1,56% de reajuste e nada mais.

De acordo com Vianna, pelo menos 60% dos trabalhadores estão parados, o que significa um efetivo de 1,2 mil funcionários. A administração municipal de Hortolândia ainda não se manifestou em relação ao movimento.

 

Apoio

A diretoria da Fesspmesp dá total apoio ao movimento dos servidores de Hortolândia. Além disso, o Sindicato ainda conta com suporte da CSPM (Confederação Nacional dos Servidores Públicos Municipais) e da CSB (Central dos Sindicatos Brasileiros).

Marcaram presença no movimento o presidente em exercício da Fesspmesp, José Flamínio Leme, o diretor de Comunicação, Denilson Bandeira, o vice-presidente Araken Lunardi, além de outros integrantes da equipe Fesspmesp

“Os servidores em geral lutam por respeito e valorização e isto deve ser traduzido em melhores salários e condições de trabalho. E, nós, da Federação temos este compromisso com o Sindicato, seus diretores e também com a categoria. Todos podem contar com a gente”, destacou Leme.

 

 

Fotos: G1

Deixe uma resposta